quarta-feira, março 13, 2013

Tá feia a coisa no Vaticano

 

Bento XVI deixará o Vaticano por causa do crime organizado que atua na Santa Sé

 

Homem prevenido – Apesar dos escárnios que têm marcado o cotidiano do planeta, a semana começou bombástica com a notícia da renúncia do papa Bento XVI, que deixará o comando da Igreja Católica no próximo dia 28 fevereiro, segundo informações divulgadas pela imprensa internacional. Como destacou o competente jornalista Oscar Andrades em seu blog, o alemão Joseph Ratzinger não é o primeiro a deixar o papado. “O último Sumo Pontífice a renunciar foi Gregório XII, em 1415. Bento XVI é o quarto Papa a renunciar ao cargo”, escreveu Andrades. A renúncia de um papa está prevista no Código de Direito Canônico, que estabelece, neste caso, que basta que a renúncia seja de livre e espontânea vontade para ter validade, sem a necessidade da aceitação de terceiros.

Diversos foram os motivos alegados pelos representantes do Catolicismo, mas nenhum convenceu. Bento XVI teria alegado problemas de saúde e desacordo com algumas condutas sociais, como casamento entre pessoas do mesmo sexo e a necessidade de esses casais adotarem filhos, mas a realidade é outra. O assunto é tratado aos sussurros nos corredores da Santa Sé, como acontece há décadas.

Uma coisa é a religião católica, outra é o Vaticano, que é um Estado. E como tal tem suas mazelas, seus subterrâneos, suas podridões. O grande fantasma que assombra os frequentadores do Vaticano é o envolvimento com o submundo do crime. Por certo muitos católicos partirão contra este noticioso, mas não será novidade porque já tratamos do tema em diversas ocasiões e sofremos retaliações. Só não aceitamos deixar de revelar mais uma vez a verdade dos fatos, a qual o editor tem profundo conhecimento, pois acompanhou, na Itália, a chegada ao comando do Vaticano do arcebispo Albino Luciani, o papa João Paulo I, com o qual conversou longamente em Milão, antes de o religioso se tornar a máxima autoridade do Catolicismo.

Há longas décadas sob o controle da Opus Dei, facção ultradireitista do Catolicismo, o Vaticano foi alvo, no início dos anos 80, de um dos maiores e mais sórdidos escândalos de corrupção da história. O papa João Paulo I tentou, em vão, acabar com o fim da corrupção que grassava na Praça São Pedro e envolvia o Banco Ambrosiano, instituição financeira da qual o Banco do Vaticano tinha boa quantidade de ações. Luciani acabou morto 33 dias após ser escolhido papa. O serviço de comunicação do Vaticano informou que Luciano fora alvo de um infarto, mas a história da Medicina não tem qualquer registro sobre a aparência esverdeada de uma pessoa após ataque cardíaco.

Homem correto e de conduta ilibada, Luciani, que tentou acabar com a lavanderia financeira em que se transformara o Banco Ambrosiano, instituição financeira oficial da Santa Sé. Deu-se muito mal, pois lá atuava não apenas a banda podre do Catolicismo, como a máfia turca e a loja maçônica italiana P2, morreu envenenado por causa de cianureto adicionado ao regular e tradicional chá que tomava todas as tardes.

Por ocasião dos fatos, o editor do ucho.info investigou a sequência de crimes que tinha o Vaticano como pano de fundo. Além de chegar à verdade, disparou a ira dos envolvidos e enfrentou a truculência de muitos. O Colégio Romano, apêndice do Vaticano, seguia a mesma ordem dada à época para todas as comunidades católicas do planeta: silêncio obsequioso. Perseguido durante alguns anos após o episódio, o editor deixou a Itália da noite para o dia para não acabar como o cardeal Luciani, que tentou, sem sucesso, promover uma faxina na Praça São Pedro. Mesmo de volta ao Brasil, foi duramente perseguido durante muitos meses.

Luciani foi substituído no cargo pelo polonês Karol Józef Wojtyla, o papa João Paulo II, que desavisado tentou a mesma empreitada do antecessor. Liquidar as relações criminosas entre o Banco Ambrosiano, a P2 e a máfia turca. Inocente, João Paulo II foi alvejado, em plena Praça São Pedro, por tiros disparados pelo turco Mehmet Ali Agca. Na esteira do escândalo do Banco Ambrosiano, alguns dos envolvidos acabaram assassinados ou se suicidaram.

João Paulo II não apenas continuou no cargo até a morte, mas após recuperar-se dos ferimentos provocados pelo atentado visitou e perdoou o seu algoz, Ali Agca, que depois de anos de prisão voltou para a Turquia.

Joseph Ratzinger não é um ignaro. Ciente do que acontece diuturnamente nas coxias da Santa Sé, preferiu anunciar a sua saída, justificada por razões pouco convincentes, mas que se dará também à sombra do silêncio, pois meso com a idade avançada o ainda papa espera viver em paz e não acabar como Albino Luciani.

Ratzinger não chegou ao comando do Vaticano sem saber o que por lá acontecia. Por trás da Praça São Pedro – visitada e fotografada por milhões de turistas de todas as partes – funciona uma central de branqueamento de capitais e uma organização criminosa sem escrúpulos e com tentáculos em todos os cantos do planeta.

A luz vermelha no reduto de Bento XVI acendeu de vez quando, no começo de 2012, vazou o conteúdo da carta enviada pelo arcebispo Carlo Maria Viganò ao papa. Na missiva que tinha a Praça São Pedro como destino, Viganò, que foi secretário-geral do governorado do Vaticano, afirmou que na Santa Sé “trabalham as mesmas empresas, ao dobro (do custo) de outras de fora, devido ao fato de não existir transparência alguma na gestão dos contratos de construção e de engenharia”. A assessoria papal agiu de forma automática diante do episódio e afirmou, em comunicado, que as denúncias resultavam de “avaliações incorretas”.

Atual núncio da Santa Sé nos Estados Unidos, Carlo Maria Viganò destacou na carta: “Jamais teria pensado em me encontrar diante de uma situação tão desastrosa”, que apesar de ser “inimaginável, era conhecida por toda a Cúria”. Além disso, o denunciante afirma que banqueiros que integram o chamado Comitê de Finanças e Gestão se preocupam muito mais com os próprios interesses do que com os do Vaticano, lembrando que em dezembro de 2009 “queimaram US$ 2,5 milhões” em uma operação financeira.

A situação tornou-se ainda mais embaraçosa com a prisão do mordomo do papa, o italiano Paolo Gabriele, acusado de desviar cartas e documentos sigilosos de Bento XVI e seus colaboradores que acabaram publicados em livro.

A prisão de Gabriele foi anunciada pelo porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, no mesmo dia em que o presidente do Instituto das Obras da Religião (IOR), o banco do Vaticano, foi forçado pelo conselho de supervisão a demitir-se. E na mesma semana em que um livro publicado na Itália divulgava cartas e documentos sigilosos enviados ao Papa, ao seu secretário e a responsáveis do Vaticano, com o objetivo de “expulsar os vendilhões do templo”.

Por maior que fosse a proximidade de Paolo Gabrieli com o papa – ele era o primeiro e o último a ver Ratzinger todos os dias – o vazamento de documentos do Vaticano não foi uma operação solitária. Foi um plano arquitetado por um punhado de clérigos intransigentes com o banditismo religioso, mas que enfrentou a dura e criminosa resistência da quadrilha que atua no Vaticano, que é muito maior e mais poderosa do que se imagina.

Ao chegar ao posto máximo da Igreja Católica, Bento XVI encontrou uma situação de devassidão e crimes que seu raciocínio cartesiano, típico dos alemães, jamais compreenderá. Instalado no cargo, Bento XVI começou a seguir a agenda de compromissos oficiais, ao mesmo tempo em que preparava uma nova tentativa de faxina. Ao perceber que sua incursão seria fracassada, como as tentadas por seus antecessores, Ratzinzger preferiu sair de cena. Foi prudente e tomou a decisão acertada.

O crime organizado continuará atuando nos bastidores do Vaticano, pois assim funciona desde Pio XII, mas isso não invalida os fundamentos cristãos e muito menos o que pregou Jesus de Nazaré. O problema está na existência tumoral dos operadores do Catolicismo.

Desespero da Igreja Católica brasileira leva dom Odilo Scherer a desmentir Bento XVI

 

Passando a borracha

Dizem os clérigos que mentir é pecado, que torna-se ainda maior quando um religioso falta com a verdade ou tenta travesti-la por interesses múltiplos. Na última missa que rezou como papa, Joseph Ratzinger falou em hipocrisia da fé e divisão de poderes. Foi diplomático ao não chamar de bandidos os que frequentam os corredores do Vaticano e desrespeitam descaradamente os mandamentos de Cristo, um dos pilares da Igreja Católica.

Bento XVI direcionou sua fala para o maior problema da Santa Sé, os escândalos de corrupção marcam a Praça São Pedro há algumas décadas. Os cardeais que participaram da missa de Cinzas sabem exatamente ao que o papa se referia. Há uma organização criminosa intramuros que não será desbaratada tão cedo, se é que isso um dia acontecerá.

Arcebispo da diocese de São Paulo, o cardeal Dom Odilo Scherer prefere a contramão da lógica e dos fatos e afirma que Bento XVI não mandou recado algum e que inexiste divisão interna na Igreja Católica. A fala de Scherer é explicável, não justificável, porque a Igreja Católica, que sangra por causa da saída de Ratzinger, pode perdem um bom número de fiéis para as igrejas pentecostais, que no Brasil crescem e avançam em ritmo acelerado. Religião é uma coisa, fé é outra. Religião é negócio, fé é de graça.

Dom Odilo Scherer, com todo o respeito que merece como ser humano e clérigo, não pode fechar os olhos para a realidade, por mais dura que seja. Desde que a Opus Dei passou a controlar a Igreja Católica, o Vaticano transformou-se em um covil, o que não invalida os ensinamentos de Jesus Cristo, que, segundo os relatos históricos, jamais pregou o banditismo, a corrupção, a lavagem de dinheiro, os assassinatos por encomenda.

Dom Odilo Scherer, que é um dos candidatos com alguma chance de transformar-se em pontífice, não pode negar a conivência burra e covarde de Paulo VI com os crimes cometidos na Santa Sé. Ter como assessor Paul Marcinkus, um criminoso truculento não é bom sinal. Como também não é bom sinal nomear um integrante da Cosa Nostra, Michele Sindona, para ser assessor financeiro do Vaticano.

Dom Odilo Scherer não chegou ao comando da arquidiocese de São Paulo porque é um incauto. No íntimo o cardeal sabe os motivos que levaram Albino Luciani (João Paulo I) à morte e patrocinaram o atentado contra Karol Wojtyla (João Paulo II).

Os 119 cardeais que participarão do conclave para eleger o substituto de Ratzinger escolherão alguém que dê continuidade ao "staus quo", que três pontífices, em vão, tentaram liquidar: João Paulo I, João Paulo II e Bento XVI.

Bento XVI foi claro, polêmico e incisivo na missa da quarta-feira de Cinzas (13), mas dom Odilo Scherer prefere insistir na tese de que a renúncia de Ratzinger se deu por motivos de saúde. O irmão do papa diz exatamente o contrário, afirmando que foram as transgressões que o levaram a desistir do cargo.

Clique e confira o cenário que levou Joseph Ratzinger a abreviar o seu pontificado.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial

  • Google News
  • CURRÍCULO DA BLOGUEIRA

    Rita Bernadete Sampaio Velosa –Poetisa,contista,cronista e trovadora Araraquarense, formada em Comunicação Social /Jornalismo– PUCC/SP, em Letras - Português e Inglês / Plena – UNESP/SP, em Pedagogia e Supervisão Escolar - Faculdades São Luís/SP e com Especialização em Língua Inglesa- BELL SCHOOL/Inglaterra.Publicada eventualmente nos Jornais: “O Imparcial”- Araraquara/SP, “Roteiro”- Campinas/SP, “Diário do Povo”- Campinas/SP, “A Tribuna”-Araraquara, Pró-Dons-Uberlândia , Intervalo/Curta Poesia –Rio de Janeiro, RSLetras/RS na Minirevista Literária/RJ,Caderno Literário Pragmatha/RS e na Revista do “Clube dos Escritores de Piracicaba”(Conselho Acadêmico– Cadeira 58.)É Delegada Regional do Clube dos Escritores, Delegada Cultural da ALPAS XXI É consulesa do Movimento Poetas Del Mundo em Américo Brasiliense.É membro da UBT- Delegada por Américo Brasiliense.. Membro Correspondente das Academias Cachoeirense de Letras/ES, Itajubense de Letras/MG e AVLAC-Academia Varginhense de Letras/MG .Sócia do movimento VIRARTE/RS. Primeira Secretaria da ONG – SOS Cerrado/GO.Revisora do Livro “Buriti”- Premiado com o “Sol de Ouro”.Foi Editora da Revista Eletrônica: “A Ratoeira”(Internet) e publica atualmente o BLOG “CYBER RATOEIRA”-blog oficial- e mais 30 blogs. Professora Aposentada de Ensino Médio, de Português e Literatura/SP. Filha do escritor Dr.Jobal do Amaral Velosa (Buriti-Cronicontos) e sobrinha neta do poeta João Vellosa do Amaral (Um Galho de Morassol). Premiada por várias Academias de Letras e Artes e Editoras . Publicada em mais de 100 antologias nos últimos anos, no Brasil, em Portugal, na França e Inglaterra.Publicou os livros solo de poesias- VENTOS PASSANTES – pela CBJE/RJ-2007 , FAROLEIROS DE ALMAS - CBJE/RJ em 2008.,o livro de crônicas FILHOS DAS ESTRELAS –CBJE/RJ EM 2009 , o livro de contos VESTÍGIOS DOS DIAS - CBJE/ RJ EM 2010 e o livro de contos ABNORMAL E OUTRAS SANDICES DO INESPERADO EM 2011-CBJE//RJ. Organizadora do PRÊMIO BURITI E RESPECTIVA ANTOLOGIA ,Já em sua terceira edição..

    PREMIAÇÕES DA BLOGUEIRA

    Troféu Carlos Drummond de Andrade como destaque em Literatura e em Ativismo Cultural 2011. Primeiro lugar em conto no “X Concurso Literário Algarve-Brasil” com o conto “Flavinha Guaraná”, Olhão/Portugal -TROFÉU BRASIL/ALGARVE 2007 Primeiro Lugar no “IX Prêmio Missões” , Troféu Igaçaba -Categoria Nacional-Crônicas,com a crônica “102”. Roque Gonzales / RS 2006 Primeiro Lugar no Concurso Nacional da Academia Pontagrossense de Letras e Artes- APLA – em Poesia Moderna com “ Castelo de Areia” Ponta Grossa/PR 2008 Primeiro Lugar no Concurso Nacional de Trovas da Academia Pontagrossense de Letras e Artes – APLA / PR – Ponta Grossa/PR 2006 Primeiro Lugar no Concurso Nacional de Contos de Santa Lúcia/SP com “Lamparinas Românticas do Sertão”- Santa Lúcia/SP 2006 Segundo lugar nacional no 11º Prêmio Missões com o conto “Bicho Homem”- Roque Gonzales/RS 2007 Segundo Lugar Nacional em contos no “ Concurso Literário FACCAT de Contos,Crônicas e Poemas 2007” com o conto Bicho Homem Taquara/RS 2007 Segundo Lugar Nacional em Crônicas do “ II Concurso literário da Sociedade de Escritores de Blumenau “ – SEB/ SC com“Lamparinas Românticas do Sertão”.- Blumenau/SC 2006 Segundo Lugar no XVIII Concurso Internacional de Crônicas “Nylce Mourão Coutinho da Academia Divinopolitana de Letras –com a crônica “Lógica Binária” – Divinópolis/MG 2006 Segundo Lugar no XII Concurso Nacional de Poesias da Academia Pontagrossense de Letras e Artes - APLA / PR, com a poesia “ A Lágrima“ Ponta Grossa/PR 2005 Segundo Lugar no 5º Concurso Estadual de Trovas pela NET-UBT/Roseira/SP com o tema Lembranças São Paulo/SP 2007 Terceiro Lugar no XIII Concurso Internacional de Outono da Editora Giraldo /SP com o conto “Compasso de Espera” publicado na coletânea “Humano, Humano Demais”. Editora AG/SP São Paulo/SP 2004 Terceiro lugar no 5º Concurso Estadual de Trovas pela NET- UBT/Roseira/SP, com o tema Lembranças São Paulo/SP 2007 Terceiro Lugar no Concurso Literário Internacional “Prêmio Cidade de Conselheiro Lafaiette 2007- da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiette/ MG- com a poesia “ Vento louco,vento breve!” Conselheiro Lafaiette/MG 2007 Terceiro Lugar no XII Concurso Literário Internacional ALPAS XXI-Prêmio Dalvina Ebling em poesia com “ Faroleiros de Almas”- Cruz Alta/RS 2007 Terceiro Lugar no XII Concurso Literário Internacional ALPAS XXI- Prêmio Dalvina Ebling em Crônica, com “ Papéis Avulsos” - Cruz Alta/RS 2007 Terceiro Lugar Concurso Nacional Poetando IV do GREBAL- Grêmio Barramansense de Letras , com o poema “ Faroleiros de Almas”- Barra Mansa/RJ 2007 Terceiro Lugar no Concurso Literário Maracajá 2008 com a crônica “Terráqueo” Ilha do Governador/RJ 2008 Terceiro Lugar no V Concurso Literário Maracajá com a crônica “Macro ou Micro?” Ilha do Governador/RJ 2009 Quarto Lugar no XVIII Concurso Internacional de Verão da Editora AG-São Paulo, com os contos “Letícia” e ”Iesus Nazarenus Rex Iudeorum” – publicados na antologia “Panorâmicas Palavras”- São Paulo/SP 2006 Quarto Lugar no XIX Concurso Literário Internacional de Outono da Editora Giraldo/SP com as Poesias “Teologais” e “Ore Por Mim”. São Paulo/SP 2006 Quarto Lugar no Concurso Literário Nacional da APLA- Academia Pontagrossense de Letras e Artes – na categoria Crônica , com “ Papéis Avulsos” . Ponta Grossa/PR 2008 Quarto Lugar no II Concurso Nacional Permanente de poesias do Semi-Árido do Nordeste Brasileiro, com o soneto “ Vento louco, vento breve!” Campina Grande/ PB 2008 Quarto Lugar no XVI Concurso Nacional de Poesia,Conto e Crônica da Academia de Letras de São João da Boa Vista/SP, com a poesia “Castelo de Areia” São João da Boa Vista/SP 2008 Quarto Lugar no XXVI Concurso Literário Internacional da Editora AG com as crônicas “Eufemismo” e “Gaia com Febre” São Paulo/SP 2008 Quinto Lugar no Concurso Nacional “Brasileiros em Prosa & Verso” da Academia Varginhense de Letras ,Artes e Ciências, com o soneto “Vento Louco, Vento Breve” –AVLAC- VarginhaMG 2008 Sexto Lugar no Concurso Literário Pôr- do –Sol , com a crônica “Mercadores da Guerra” – Araraquara / SP- 2005 Sétimo Lugar com a poesia “Encontro Acidental” , 9º Lugar com a poesia “Partida” e 10º Lugar com as poesias “Passagem “ e “Ladainha” no “III Concurso Nacional Literário VIRaRTE” – Santa Maria/RS 2006 Nono Lugar no XXVII Concurso Literário Internacional da Editora AG, com a poesia “Ler” São Paulo/SP 2009 Décimo Lugar e Prêmio de Edição no IV Concurso Literário VIRARTE--Selecionada e publicada na Coletânea Literária Voragem com as poesias Ah...Natureza! , Dúvida e Desafinar do Movimento VirArte- Santa Maria/ RS- 2007 Décimo Lugar e Menção Honrosa no I Concurso de Poesias Rapsódias da “Confraria dos Artistas” com a poesia “Desafinar” – São José dos Campos/SP 2006 Décimo Lugar e Menção Honrosa no Concurso Literário do Congresso da Sociedade de Cultura Latina – Seção Brasil–Prêmio Euclydes Porto Campos- com o conto “Bicho-Homem” – Mogi das Cruzes/SP 2006 Décimo Primeiro Lugar no VI Concurso Literário VIRARTE, com o poema “Ponto de Vista Ilusório” Santa Maria/RS 2009 Décimo Segundo Lugar no XXVII Concurso Literário Internacional da Editora AG com a crônica “Madrasta Vil e Padrasto Pior Ainda” São Paulo/SP 2009 Décimo Terceiro Lugar no III Concurso Nacional Permanente de Poesias do Semi-Árido do Nordeste Brasileiro com a poesia “ Castelo de Areia” Campina Grande/PB 2008 Décimo Quarto Lugar no XIII FESERP-Festival Sertanejo de Poesia- “ Prêmio Augusto dos Anjos” -com o soneto “ Vento Louco,Vento breve”- Aparecida/PB 2007 Menção Honrosa Nacional no Concurso “Minha Terra” da Academia Sul Brasileira de Letras com a poesia Desassossego – Pelotas/RS 2009 Menção Honrosa no V Concurso Literário Maracajá com o conto – “Escriba – O Portal Secreto”- Ilha do Governador/RJ 2009 Menção Honrosa no I Concurso Literário Internacional Casa Museu Prof ª Maria Jose Fraqueza com a crônica “Catarse” – Fuseta/Portugal 2009 Menção honrosa no 1° Concurso da Minirrevista Literária contando e Poetizando, com a poesia “Me faz Feliz” – Rio de Janeiro/RJ 2009 Menção Honrosa Nacional, em crônica, no Concurso Literário Prêmio Missões 12 com a crônica “Madrasta Vil e Padrasto pior ainda” – Roque Gonzales/RS 2009 Menção Honrosa no III Concurso Nacional Permanente de Poesias do Semi-Árido do Nordeste Brasileiro com a poesia “Castelo de Areia”- Campina Grande/PB 2009 Menção Honrosa no Concurso Nacional “Emoções em Prosa e Verso do Grupo Sul-Mineiro de Poesia”, Edições Alba e Academia Varginhense de Letras Artes e Ciências – AVLAC – com o soneto “ Benditos e Malditos”- Varginha/MG 2009 Menção Honrosa Nacional no Concurso “APLA”- Academia Pontagrossense de Letras e Artes 2009 na categoria contos, com o conto “Motivo de Vergonha” – Ponta Grossa/PR 2009 Menção Honrosa Nacional com o Concurso da “APLA” – 2009 na categoria crônica, com a crônica “Repintando o Apocalipse” – Ponta Grossa/PR 2009 Menção Honrosa nos Jogos Florais Internacionais de Nossa Senhora do Carmo de Fuseta de 2007 com a quadra popular “Minha Virgem Padroeira”- Fuseta/Portugal 2007 Menção Honrosa no XII Concurso Internacional de Quadras Natalícias com o mote “ Meu menino de Encantar” do Sport Clube Lisboa & Fuseta/Portugal 2007 Menção Honrosa Nacional em verso, categoria Ecologia no 11º Prêmio Missões – Verso,com a poesia “ Planeta Azul”- Roque Gonzales/RS 2008 Menção Honrosa na Categoria Profissional no X Concurso Nacional de Poesias do Clube dos Escritores de Piracicaba com a poesia “Rosa Desfolhada” Piracicaba/SP 2008 Menção Honrosa no III Concurso de Poesias da Costa da Mata Atlântica com a poesia “ Castelo de Areia” Piracicaba/SP 2008 Menção Honrosa no Concurso Nacional Brasileiros em Prosa & Verso da Academia Varginhense de Letras Artes e Ciências – AVLAC – com a poesia contemporânea “Faroleiros de Almas” Varginha/MG 2008 Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos e Crônicas da Academia Pontagrossense de letras – APLA –com o conto “ Solidão por Solidão” Ponta Grossa/PR 2008 Menção Honrosa no IX Concurso Nacional do Clube dos Escritores de Piracicaba de 2007, na categoria amador, com o soneto “Futuro”- Piracicaba/SP 2007 Menção Honrosa no II Concurso de Poesias da Costa da Mata Atlântica com a poesia “ Natureza Morta”- Piracicaba/SP 2007 Menção Honrosa Nacional em Poesia Moderna , no 11º Prêmio Missões, com a Poesia “Natureza Morta”- Roque Gonzales / RS 2008 Menção Honrosa no Concurso Literário da Sociedade de Poetas do Círculo dos Trabalhadores Cristãos de Vila Prudente, com o soneto “Luz”- São Paulo/SP 2007 Menção Honrosa em Poesia Clássica no XIV Concurso Nacional de Poesias da Academia Pontagrossense de Letras e Artes-APLA, com o soneto “Luz”- Ponta Grossa/PR 2007 Menção Honrosa em Crônica no VIII Concurso Nacional de Contos, Crônicas e Trovas da Academia Pontagrossense de Letras e Artes, com a crônica “Macro ou Micro”- Ponta Grossa/PR 2007 Menção Honrosa no Concurso Literário do Forum de Maracajá-400Anos da Ilha do Governador, com o conto “Bicho-Homem”- Rio de Janeiro/RJ 2007 Menção Honrosa no II Concurso Nacional “Poetas do Brasil”, com o poema “Estou a mirar as Paisagens- Porto Seguro/Bahia 2007 Menção Honrosa no XIV Concurso Nacional de Poesias “ Notas Literárias- Prêmio Alba Granja Medeiros- com a poesia “ Faroleiros de Almas” - Maceió/ Alagoas 2007 Menção Honrosa Estadual no 6º Concurso de Trovas Pela NET- UBT/ Roseira/SP com o tema Trova Roseira/SP 2007 Menção Honrosa e Menção Especial Estadual no 7º Concurso de Trovas pela NET- UBT/ Roseira/SP com o tema “Ruinas” Roseira/SP-2007 Menção Honrosa no 19º Festival de Poemas de Cerquilho/SP com o poema “O Amor” - Cerquilho/SP 2006 Menção Honrosa no Concurso Nacional de Crônicas da Academia Pontagrossense de Letras - APLA/ PR, com a crônica “Mercadores da Guerra” – Ponta Grossa/PR 2006 Menção Honrosa no V Concurso “Grandes Nomes da Nova Literatura Brasileira” com o conto “Compasso de Espera”. –Editora Phoenix/SP São Paulo/SP 2005 Menção Honrosa no VII Concurso Nacional de Crônicas- APLA/PR com a crônica “Os Caras de Pau “– Ponta Grossa/PR 2005 Menção Honrosa no XXXVI Concurso Nacional de Contos e Poesias Abdala Mameri/2005 da Academia de Letras e Artes de Araguari- MG com o conto “Letícia” . Araguari/ MG 2005 Menção Honrosa no Concurso “Flores da Poesia” da Academia Nacional de Letras e Artes-RJ/2005 –com a poesia “Ladainha”. Rio de Janeiro/RJ 2005 Menção como “Rico Regionalismo em estória literária” no Concurso Internacionalizando o Jovem Escritor para o conto O SUCURI –Vespasiano/MG - 2007 Menção Especial Pela Academia de Letras do Estado do Rio de Janeiro no “IV Concurso Literário Luciana Barbosa Nobre pela poesia “Teologais”- Rio de Janeiro/RJ 2006 Menção Especial no VI Concurso Grandes Nomes da Nova Literatura Brasileira , com o conto “ Letícia” –Editora Phoenix / SP São Paulo/SP 2006 Destaque literário no III Concurso Literário Internacional Letras Premiadas em Poesias, com “Ler” e “Pobre Deus”- Cruz Alta/RS 2009 Destaque literário no III Concurso Literário Internacional Letras Premiadas em Contos, com “Vila Cramulhão”- Cruz Alta/RS 2009 ]Destaque em Poesia na Quinta Seletiva de Poesias,Contos e Crônicas do Clube Amigos de Letras, de Barra Bonita, com a poesia “Vida Bandida”- publicada na Antologia “Filhos da Luz”- Barra Bonita/SP 2007 Destaque em Conto, com “ Flavinha Guaraná “ no XII Concurso Literário Internacional ALPAS XXI- Prêmio Dalvina Ebling- Cruz Alta/RS 2008 Destaque em Poesia , com “ Pobre Deus “ no XII Concurso Literário Internacional ALPAS XXI- Prêmio Dalvina Ebling- Cruz Alta/RS 2008 Destaque Literário em Crônica no II Concurso Internacional Letras Premiadas 2008 da ALPAS XXI com a crônica “ Madrasta Vil e Padrasto Pior Ainda” publicada na Antologia “ Deslizes Cruz Alta/RS 2008 Destaque Literário em Poesia no II Concurso Literário Internacional Letras Premiadas 2008 da ALPAS XXI , com a poesia “Rosa Desfolhada” Cruz Alta/RS 2008 Prêmio de Edição em poesia no VI Concurso “ Desperte o Poeta Que Existe em Você” da Associação de Aposentados e Pensionistas de Jundiaí e Região e da Academia Jundiaiense de Letras com a Academia Feminina de Letras e Artes, com a poesia “ Rosa Desfolhada”. Jundiaí/SP 2008 Prêmio de Edição – selecionada e publicada na Antologia do Concurso Meu Amor é Você com a crônica “ Meu Amor é Você”-da Litteris Editora/RJ- Rio de Janeiro/RJ 2007 Prêmio de Edição-Selecionada e publicada na Antologiado Concurso “Poemas de Amor &Poesias de Paixão” com a poesia Às traças a madeira! – da Litteris Editora/RJ – Rio de Janeiro/RJ 2007 Prêmio de Edição-Selecionada e publicada na IV Antologia de Contos Fantásticos pela Câmara Brasileira do Jovem Escritor, com o conto” A Noiva Virgem”-CBJE/RJ- Rio de Janeiro/RJ 2007 Prêmio de Edição - Selecionada para participar da coletânea PERFIL da APPERJ /RJ tendo publicada a poesia “Passagens”. Rio de Janeiro/RJ 2005 Prêmio de Edição em Poesia no V Concurso Grandes Nomes da Nova Literatura Brasileira com –“Falar sobre a Vida” e em Crônica com “Família” pela Editora Phoenix./SP São Paulo/SP 2005 Prêmio de Edição em Crônica e em Poesia no VI Concurso Grandes Nomes da Nova Literatura Brasileira – com “Lamparinas Românticas do Sertâo “ e “ Pura Emoção” pela Editora Phoenix /SP São Paulo/SP 2006 Classificada para a final , selecionada e publicada na Antologia do Prêmio UNIVAP (Universidade do Vale do Paraíba) -2008 com o conto Lamparinas Românticas do Sertão. São José dos Campos/SP 2008 Classificada para a final, com o conto “Bicho-Homem” no Concurso de Contos do Jornal Cultural Voz Ativa- “Prêmio Antonio Torres” Sátiro Dias/Bahia 2007 Classificada Para a Final no XI Concurso “Benjamim Rodrigues”de poesia falada , com os poemas “Onde Canta O Ra-ta-tá” e “Ore Por Mim” em Gurupi / TO 2006 Classificada para a Final no 1º Concurso Nacional de Poesias de São Bentinho com o soneto “Teologais”, com o poema “Honra Tua Bandeira” e com o poema “Desafinar” São Bentinho/ PB 2006 Classificada para a Final no Concurso Crônica & Literatura- “Prêmio Carlos Heitor Cony” e publicada na Antologia Palavras Libertas com a crônica “Último Dia do Mês do Cachorro - Louco” Uberlândia /MG 2006 Classificada , selecionada e publicada na coletânea do Concurso Poetas do Brasil, -movimento Arte Bahia e Câmara Brasileira do Jovem Escritor, com a poesia “ AR” - Porto Seguro/BAHIA 2006 Selecionada para Publicação pela ASES – Associação dos Escritores de Bragança Paulista para a Antologia do XI Concurso de Prosa- Prêmio “ Professor Antonio Carlos de Almeida”, com a crônica “Lamparinas Românticas do Sertão” – Bragança Paulista /SP 2006 Selecionada e Publicada na Coletânea “Autores Reunidos” Volume III pela Sociedade Partenon Literário/ RS com as crônicas “Amor” e “Mulher”, com os contos “Ninja da Cana”, “A Porta” e “O Drible da Vaca “ e as poesias “A Lágrima” , “A Televisão” e “Ladainha”. Lançada na Feira Internacional do livro de Porto Alegre Porto Alegre/RS 2005 Selecionada e publicada na Coletânea Perfil 2006 da APPERJ/ RJ, com a poesia “Encontro Acidental”. Rio de Janeiro/RJ 2005 Selecionada e Publicada na Antologia do VI Concurso Nacional de Literatura “Revelações do Terceiro Milênio” com o conto “Letícia” – Caçu /GO (lançada pela Litteris Editora na 19ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo – Caçu/GO 2006 Selecionada e publicada na Antologia do XV Concurso Nacional de Poesia da ALAP – Academia de Letras e Artes de Paranapuã- Prêmio Acadêmico Mario Marinho” com o poema “Despedida” . Paranapuã/RJ 2005 Selecionada e Publicada”na XV Antologia “Nossos Instantes” do III Concurso Internacio-nal de Poesia do CPAC com os poemas “Sonhar”, “Vida “ e “Salvação” Campinas / SP 2005 Selecionada e Publicada na antologia Além das Letras” da “IV Seletiva de Poesias ,Contos e Crônicas do Clube Amigos das Letras de Barra Bonita/ SP”, com a crônica “O Vitral do Purgatório Barra Bonita/SP 2006 Selecionada para publicação na V Antologia Internacional ”Palavras do Terceiro Milênio”, com as obras “Imponderável” , “Seca- Pimenteira” , “O drible da Vaca”, “Os Caras – de – Pau” e “Catarse”. –EditoraPhoenix/SP. São Paulo/SP 2005 Selecionada e publicada na Antologia Del’ Secchi- Vol. XVI/ RJ com a crônica –“Réquiem”. Rio de Janeiro/RJ 2006 Selecionada e publicada na "III Olimpíada Cultural 500 Anos da Língua Portuguesa no Brasil" com a crônica "Lógica Binária" na categoria Consagrados, com "destaque especial" para Prosa.- Barra Bonita/SP 2006 Selecionada para publicação na Antologia do 3º Concurso da Editora Guemanisse de Contos e poesias com o conto “O Bom Ladrão” –Teresópolis/ RJ 2006 Selecionada para Publicação na Antologia da ALAP -“Academia de Letras e Artes de Paranapuã”- referente ao Concurso Nacional de poesia “Mario Marinho, com o poema “Natal”. Paranapuã/RJ 2006 Selecionada para publicação da Antologia da Academia Cachoeirense de Letras - ACL – referente ao V Concurso Newton Braga de poemas , com o soneto “Teologais”. – Cachoeiro do Itapemirim/ES 2006 Selecionada para Edição e publicada na XVII Antologia Del Secchi com as reflexões “ Filhos das Estrelas” e “Caniço Quebrado”- Rio de Janeiro/RJ 2007 Selecionada e Publicada pela Editora Scortecci na Antologia Scortecci-25 anos com o conto “ O Sucuri” –Scortecci Ed.- São Paulo/SP 2007 Selecionada para Edição na Antologia do Concurso Primavera/Verão-Estação do Amor com o poema “Nós Outros”-Litteris Editora- Rio de Janeiro/RJ 2007 Selecionada e publicada na III Coletânea da Casa do Poeta de Canoas com a poesia Paixão – Canoas/RS - 2007 Selecionada e publicada na Antologia “Partenosistas do Século XXI” com a crônica “102” pela Sociedade Partenon Literário-Ápex Edições- e lançado na 53ª Feira de Porto Alegre/RS PortoAlegre/RS 2007 Selecionada e publicada ,com a poesia “Procura” ,na Antologia do XV Congresso Brasileiro de Poesia – Bento Gonçalves/RS 2007 Selecionada e Publicada, com a poesia “ Vida Mestra”,na coletânea da Casa do Poeta Rio-Grandense -43 anos- CAPORI Porto Alegre/RS 2007 Selecionada e Publicada, com as poesias “ Desafinar “ e “ Lume das Lembranças” na XXII Coletânea de Contos e Poesias do GLAN- Grêmio Literário de Autores Novos- Volta Redonda / RJ 2007 Selecionada e Publicada, com o conto “ Flavinha Guaraná”, na Antologia do I Concurso Literário”Grandes Escritores do Interior de São Paulo” da Editora “ Casa do Novo Autor”/ SP São Paulo/SP 2007 Selecionada e Publicada, com a trova “Tempo” na XVII Antologia da ALAP- Academia de Letras e Artes de Paranapuã/RJ Paranapuã/RJ 2007 Publicada na Coletânea “Grandes Nomes dos Campos Gerais & Convidados Especiais “Personalidades que Fazem Nossa História”-organizada por Fernando Munhoz- Ponta Grossa/PR 2007 Selecionada e publicada na Antologia comemorativa dos 40 anos da Academia de Letras e Artes de Araguari, com o conto “ Jeromim do Jipim Amarelim” Araguari/MG 2008 Selecionada “Festival Sertanejo de Poesias” para a Antologia Poética do FESERP – Volume V – Prêmio Augusto dos Anjos com Aparecida/PB 2009

    AQUI ESTOU DISPONIBILIZANDO MEU ÚLTIMO LIVRO DE CONTOS PARA LEITURA GRATUITA ON-LINE. É SÓ CLICAR NO ÍCONE À DIREITA PARA LER EM TELA CHEIA. BOA LEITURA! ESPERO QUE GOSTE! PRESENTE MEU PARA OS AMIGOS DO BLOG.


    ENTREVISTA DA BLOGUEIRA NO WHOHUB



    A que você se dedica? O que aparece em seu cartão de visita abaixo de seu nome?

    ESCRITORA, JORNALISTA, ATIVISTA CULTURAL E PROFESSORA DE PORTUGUÊS, INGLÊS E LITERATURAS NORTE-AMERICANA E INGLESA





    SITE- ESCRITORA http://ritavelosa.comunidades.net/

    BLOG-JORNALISMO http://ritavelosa.blogspot.com.br/

    BLOG- ATIVISMO CULTURAL http://concursoburiticronicontos.blogspot.com.br/

    E-MAIL ritavelosa@bol.com.br





    O que você escolheu estudar e por quê?

    ESTUDEI COMUNICAÇÃO SOCIAL- JORNALISMO, DEPOIS LETRAS E PEDAGOGIA. FIZ ESPECIALIZAÇÃO NA BELL SCHOLL NA INGLATERRA. TUDO SEMPRE EM BUSCA DA MELHORIA DE MINHA CAPACIDADE DE ME COMUNICAR COM MEUS SEMELHANTES. ESCREVER E LER SÃO NECESSIDADES BÁSICAS PARA MIM; DESDE CRIANÇA...





    Onde podemos ver seu portfólio online?

    EM VÁRIOS LOCAIS. MAS RECOMENDO ESTE

    http://www.wix.com/ritavelosa/escritorabrasileira#! (...)





    O que se espera de você em seu trabalho, e como você o consegue?

    O QUE PODEM ESPERAR DE MIM É QUE EU FAÇA A MINHA PARTE, FAÇA A DIFERENÇA, AJUDANDO A MELHORAR ESTE MUNDO E A MIM MESMA.

    TENTO CONSEGUIR ESTES OBJETIVOS ATRAVÉS DE MEUS TEXTOS, ATRAVÉS DA MINHA ARTE, A LITERATURA.





    Seus links na internet (website, blog, redes sociais, etc.)

    SITE- ESCRITORA http://ritavelosa.comunidades.net/

    BLOG-JORNALISMO http://ritavelosa.blogspot.com.br/

    BLOG- ATIVISMO CULTURAL http://concursoburiticronicontos.blogspot.com.br/

    FACEBOOK

    ORKUT

    LINKEDLN

    TWITER

    VIADEO

    YOUTUBE

    SONICO

    ETC...





    Está satisfeita com a educação que recebeu?

    ESTOU SATISFEITA COM A EDUCAÇÃO QUE RECEBI DE MINHA FAMÍLIA, DA IGREJA CATÓLICA,DA PUCC,UNESP, FSL E BELL SCHOLL





    Em que áreas você pretende incrementar sua formação?

    LITERATURA, CINEMA, RELIGIÕES, HISTÓRIA, TECNOLOGIA,PSICOLOGIA E FILOSOFIA.

    SEMPRE ESTUDO ESTES ASSUNTOS COM O ÚNICO FIM DE APLICAR ESTES CONHECIMENTOS AO QUE ESCREVO





    Em que você é muito boma, e em que precisa melhorar?

    SOU BOA EM LER , INTERPRETAR, ESCREVER.

    PRECISO MELHORAR NOS RELACIONAMENTOS SOCIAIS.

    PRECISO DIVULGAR A MIM E À MINHA OBRA E NÃO SOU MUITO BOA NISTO.

    SOU MEIO PREGUIÇOSA E É UM SACRIFÍCIO PARTICIPAR DE CERIMÔNIAS, FEIRAS, CONFERÊNCIAS, ETC...





    Você assiste a seminários e cursos para melhorar em sua profissão ou você é autodidata?

    ATUALMENTE SOU COMPLETAMENTE AUTO-DIDATA. USO A INTERNET DIARIAMENTE PARA ME ESPECIALIZAR. TENHO A FONTE INESGOTÁVEL DE CONHECIMENTO DA REDE À MÃO.APRENDO TODO DIA UM POUCO. TENHO O MUNDO AO MEU ALCANCE.TENHO LEITORES E OUTROS ESCRITORES COM QUEM TROCAR IDÉIAS E OPINIÕES.NÃO PRECISO DE MAIS NADA.





    Quando você se deu conta de que o que fazia era levado a serio e você poderia chegar a ser uma profissional?

    ASSIM QUE APRENDI A LER E A ESCREVER TOMEI CONSCIÊNCIA DO QUE QUERIA SER. LOGO NO ENSINO FUNDAMENTAL, POR VOLTA DO SEGUNDO ANO, OS PROFESSORES JÁ LIAM MEUS TEXTOS,- DESCRIÇÕES DE DESFILES E TEMPESTADES- EM VOZ ALTA PARA A CLASSE. ELOGIAVAM MUITO E ME INCENTIVAVAM MAIS E MAIS. PERCEBIAM QUE EU ADORAVA AQUILO! MAIS TARDE LIAM MINHAS NARRAÇÕES E SEMPRE ELOGIAVAM. AOS 8 ANOS JÁ HAVIA LIDO 10.000 GIBIS ( HISTÓRIAS EM QUADRINHOS.) OS SUPERHERÓIS JÁ PREENCHIAM MINHAS FANTASIAS...





    Quais foram as pessoas mais influentes em sua carreira?

    EU, MEUS PAIS, PROFESSORES E ESCRITORES.





    Com que classe de pessoas você se sente bem formando equipe de trabalho?

    POETAS, ESCRITORES,LEITORES,CINEASTAS, DRAMATURGOS, ETC...





    Que metas você fixou no âmbito profissional?

    SER FELIZ. ESCREVER UMA OBRA MAIOR PARA FICAR COMO PRESENTE MEU PARA A HUMANIDADE.





    Que publicações relacionadas a sua profissão você lê regularmente?

    NENHUMA. NÃO QUERO ME "BITOLAR". SOU LIVRE PENSADORA. NÃO QUERO SEGUIR TENDÊNCIAS, MODISMOS, MOVIMENTOS LITERÁRIOS. QUERO MEUS PRÓPRIOS TEMAS, MEU PROPRIO JEITO DE ESCREVER. O MEU ESTILO DEVE SER SEMPRE O MEU ESTILO.OUTROS QUE ME SIGAM SE QUISEREM. SERÁ UMA HONRA! MAS PEÇO SEMPRE A OPINIÃO DE MEUS COLEGAS SOBRE O QUE JÁ ESCREVI E GOSTO DE OPINIÕES CRÍTICAS ESPECIALIZADAS SOBRE O QUE JÁ ESCREVI.





    Que idiomas você fala e como os aprendeu?

    FALO PORTUGUÊS E INGLÊS. ENTENDO E LEIO EM ESPANHOL E FRANCÊS. ESTUDEI UM POUCO DE TODAS ESTAS LÍNGUAS.MOREI 4 ANOS INTERNA COM ESPANHOLAS. MOREI NA INGLATERRA E ESTUDEI 4 ANOS DE FRANCÊS E 3 DE INGLÊS NA ESCOLA, ANTES DOS CURSOS SUPERIORES.





    Você tem um website ou blog? Como foi o processo de fazê-lo? Ele cumpre o propósito para o qual foi criado?

    TENHO UNS 6 SITES E UNS 33 BLOGUES. PODE SER UM POUCO MAIS OU UM POUCO MENOS. PARTICIPO TAMBÉM DE REDES SOCIAIS E GRUPOS DE DISCUSSÕES E COMUNIDADES COM FIM ESPECÍFICO. ATUALMENTE PASSO UMAS 10 HORAS POR DIA SAPEANDO NA NET.JÁ PERDI A CONTA...APRENDI A FAZÊ-LOS SOZINHA, SEGUINDO INSTRUÇÕES DOS PORTAIS E MANUAIS DE AJUDA.TODOS FORAM CRIADOS COM O ÚNICO FIM DE DIVULGAR MEU TRABALHO LITERÁRIO E AMEALHAR NOVOS AMIGOS LEITORES E ESCRITORES. LEIO MUITO SOBRE O QUE ESTÃO ESCREVENDO. DOU "PITECOS". RECEBO OPINIÕES. É MUITO BOM. ALÉM DISSO, NOS ÚLTIMOS ANOS TRABALHO COMO ORGANIZADORA DE CONCURSOS LITERÁRIOS E ANTOLOGIAS. DIVULGO, ORGANIZO, REVISO, DIAGRAMO,EDITORO,DISTRIBUO GRATUITAMENTE E

    VENDO.





    Como você se sente falando diante de uma platéia? Que experiências você teve?

    SEM PROBLEMAS. SOU TÍMIDA E POR ISSO, ANTES, FICO TENSA. DEPOIS ME EMPOLGO. A SALA DE AULA ME TREINOU. GOSTO DE FALAR EM PÚBLICO.





    Você assiste a cocktails, apresentações, feiras e convenções relacionadas a sua profissão?

    SIM. MAS,POUCAS VEZES AO ANO, POR QUESTÕES FINANCEIRAS E FAMILIARES. E TAMBÉM NÃO GOSTO MUITO. MEU NEGÓCIO É ESCREVER. GOSTARIA DE TER UM AGENTE, ALGUÉM PARA FAZER ISSO POR MIM.





    Você pesquisou os portais de networking profissional? Em quais você se registrou?

    SIM.LINKEDLN E VIADEO





    O que diferencia você de outros profissionais do setor?

    SEI LÁ! ELES É QUE TEM QUE RESPONDER ISTO. TALVEZ, MINHA DEDICAÇÃO, PRODUTIVIDADE E QUALIDADE.





    De que maneira a Internet está mudando a sua forma de trabalhar?

    ESTOU NA NET DESDE 1997.PRATICAMENTE SÓ TRABALHO PELA NET. AGORA ESTOU PASSANDO DO LIVRO IMPRESSO PARA O E-BOOK. TENHO ESTUDADO MUITO SOBRE E-COMMERCE.





    Você pratica o teletrabalho?

    DEZ HORAS EM MÉDIA POR DIA.





    Você acredita que seus gostos pessoais servem para elevar sua qualidade profissional?

    SIM.





    Seus hobbies servem para fazer networking profissional?

    SIM.





    Você abriria mão de sua renda em troca de mais tempo livre?

    JÁ FIZ ISSO, GRAÇAS A DEUS!





    O que você menos gosta de fazer no seu trabalho?

    JÁ DISSE: RELAÇÕES PÚBLICAS E MARKETING.





    Além de sua profissão atual, o que você gostaria de ser?

    NADA. A NÃO SER A GANHADORA DE UM PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA.





    Qual foi a coisa mais importante que você aprendeu com a experiência em sua profissão?

    SEGREDO.





    Quando você era criança, o que queria ser quando crescer?

    ESCRITORA.





    Você acredita que, salvo exceções, a amizade profissional e particular não devem ser misturadas?

    SIM.





    Créditos, Publicações, Concursos, etc.

    Rita Bernadete Sampaio Velosa – Jornalista,ativista cultural,poetisa, contista, cronista e trovadora de Araraquara/SP.Delegada da UBT, Consulesa de Poetas Del Mundo,Delegada do Clube de Escritores de Piracicaba/SP e Correspondente das Academias de Letras de Cachoeiro do Itapemirim/ES, de Itajubá e Varginha/MG.Sócia do Movimento VIRARTE/RS e Delegada Cultural da ALPAS XXI/RS.Tem participação em mais de 100 antologias e publicados os livros “VENTOS PASSANTES”-2007 (poesias), “FAROLEIROS DE ALMAS”- 2008 (poesias) , “FILHOS DAS ESTRELAS” – 2009 (crônicas), “VESTÍGIOS DOS DIAS”-2010(Contos) e “ABNORMAL E OUTRAS SANDICES DO INESPERADO”-2011(Contos).Organizadora do PRÊMIO BURITI (2010 E 2011) e produtora da antologia anual de mesmo nome.Entre os mais de 100 prêmios, o MISSÕES 2006/BRASIL, o ALGARVE-BRASIL 2007/ PORTUGAL e o CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE/2011





    Sua bíblia?

    A BÍBLIA





    Como você reagiria às queixas dos clientes?

    COM PACIÊNCIA,GENTILEZA, DEDICAÇÃO E ATENÇÃO.





    Alguém quer pedir um aumento de salário em seu trabalho, e pede conselho sobre como abordar esse assunto com seu chefe a você, o que você diria?

    SEJA DIRETO.MAS NÃO SE ESQUEÇA DE DEMONSTRAR , ANTES, O QUÃO DEDICADO E NECESSÁRIO VOCÊ É.





    Como você lida com o stress?

    TRATO COM REMÉDIO. ENTRE UM TRATAMENTO E OUTRO, BEBO, VIAJO, DANÇO, CURTO A VIDA.





    Quais são os erros mais comuns cometidos pelos clientes quando julgam seu trabalho?

    ACHAM QUE EU SOU RICA . E NÃO CONSIDERAM MINHA ATIVIDADE DE ESCRITORA E ATIVISTA CULTURAL COMO TRABALHO, COMO PROFISSÃO. ACHAM QUE ESCRITOR TEM QUE SER COITADINHO OU INTELECTUAL PERNÓSTICO E BEM DE VIDA.







    ESCREVER

    Como você começou a escrever? Quem lia para você ao principio?

    ESCREVENDO. EM CASA E NA ESCOLA. NINGUÉM LIA PARA MIM. MAS MINHA MÃE LIA O TEMPO TODO PARA ELA MESMA E TOCAVA MUITO PIANO.E MEU PAI ESCREVIA E PINTAVA.





    Qual é seu gênero favorito? Algum link onde possamos ver ou ler algo sobre sua obra recente?

    CONTOS, CRÔNICAS, POESIA ( POR ENQUANTO).

    PODEM LER UM LIVRO MEU EM:

    http://ritavelosa.blogspot.com.br/2012/06/meu-e-book-na-bo (...)





    Como é seu processo criativo? O que ocorre antes de se sentar a escrever?

    ALGO ME CHAMA A ATENÇÃO. ME INSPIRA. ANOTO A IDÉIA , O TEMA, A EMOÇÃO EM ALGUM PAPEL, SE TENHO ALGUM COMIGO. OU ANOTO NO NOTEBOOK NA PASTA PROJETOS.ENTRA NA MINHA CABEÇA E VAI DOMINANDO OS MEUS PENSAMENTOS. FICO REMOENDO. ATÉ QUE ENTÃO, DE REPENTE, PRECISA SAIR E EU ME SENTO E ESVREVO, DE UMA SÓ VEZ. É LÓGICO QUE DEPOIS RELEIO E DOU UMA MELHORADA.





    Que tipo de leitura ativa sua vontade de escrever?

    TODO TIPO: UMA POESIA, UM CONTO, UMA LETRA DE MÚSICA, UMA NOTÍCIA, ETC...





    Quais são para você os ingredientes básicos de uma historia?

    CLIMA, ENREDO E PERSONAGENS.SUSPENSE, MISTÉRIO E SURPRESA. TEM QUE INSTIGAR A CURIOSIDADE E LEVAR À REFLEXÃO.





    Em que sapatos você se encontra mais cômodo: primeira pessoa ou terceira pessoa?

    TANTO FAZ!





    Que escritores conhecidos são os que você mais admira?

    PESSOA, DRUMMOND, BANDEIRA,MACHADO,CASTRO ALVES,VERÍSSIMOS(PAI E FILHO)VINÍCIOS, CHICO, AMADO,,CABRAL DE MELLO NETO, ARIANO SUASSUNA,LYGIA FAGUNDES TELLES, CAMÕES, SARAMAGO,EDGAR ALAN POE,ALDOUS HUXLEY,GEORGE ORWELL,ROBERTO MÁRCIO PIMENTA, MARIA COQUEMALA, ETC...( MAIS UM CEM...)





    O que torna um personagem crível? Como você cria os seus?

    TENHO QUE PODER QUASE TOCÁ-LO CONCRETAMENTE.TENHO QUE SENTÍ-LO E DEPOIS DESCREVÊ-LO COMO SE VIVO FOSSE, COM SUAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E PSICOLÓGIAS. TAMBÉM É IMPORTANTE MONTAR O SEU AMBIENTE FÍSICO, EMOCIONAL E SOCIAL. SUAS AÇÕES TEM QUE REFLETIR O QUE É POR DENTRO E POR FORA.





    Você é igualmente hábil contando historias oralmente?

    ACHO QUE SIM. MAMÃE CONTA QUE SEMPRE QUE EU IA AO CINEMA, QUANDO CHEGAVA EM CASA IA CORRENDO CONTAR O ENREDO DO FILME PARA ELA. E NÃO ME PREOCUPAVA EM FAZÊ-LO RAPIDAMENTE. COITADA! GOSTAVA DE CONTAR O FILME TODO, COM TODOS OS DETALHES E AINDA FAZENDO COMENTÁRIOS PELO MEIO.





    Profundamente em sua motivação, para quem você escreve?

    NÃO SEI. NÃO PAREI PARA PENSAR. ACHO QUE PARA TODOS.PARA MIM E PARA MEUS LEITORES.





    Escreve como terapia pessoal? Os conflitos internos são uma força criadora?

    SIM E SIM.





    O feedback dos leitores serve pra você?

    SIM. É MUITO BOM. SINTO-ME SOCIALMENTE INTEGRADA.





    Você se apresenta para concursos? Você recebeu prêmios?

    SEMPRE ME APRESENTO PARA CONCURSOS. TAMBÉM É UM MOTIVO DE INSPIRAÇÃO E MOTIVAÇÃO. TENHO MUITOS PRÊMIOS.





    Você compartilha os rascunhos de suas escrituras com alguém de confiança para ter sua opinião?

    SIM, COM DUAS OU TRÊS PESSOAS.





    Você acredita ter encontrado "sua voz" ou isso é algo eternamente buscado?

    ETERNAMENTE BUSCADO APESAR DE JÁ CONHECÊ-LA.





    Que disciplina você se impõe para horários, metas, etc.?

    NENHUMA. VAI COMO VEM. MAS TENTO ESCREVER PELO MENOS UM LIVRO POR ANO.





    De que você se rodeia em seu escritório para favorecer sua concentração?

    ISOLAMENTO E SILÊNCIO PROFUNDO.





    Você escreve na tela, imprime com freqüência, corrige em papel...? Como é seu processo?

    ESCREVIA A MÃO, EM PAPEL E DEPOIS DIGITAVA. AGORA DIGITO DIRETAMENTE NA NET OU NO PC.





    Que sites você freqüenta online para compartilhar experiências ou informação?

    NENHUM. USO O E-MAIL.





    Como foi sua experiência com editoras?

    SÓ TENHO DUAS. AS DUAS MUITO BOAS.SÓ NÃO GOSTO DA MANIA QUE TÊEM DE REVISAR MEUS TEXTOS. PROIBO;MAS ACABAM SEMPRE MEXENDO UM POUCO.





    Em que projeto você está trabalhando agora?

    NUM LIVRO SOLO MEU DE POESIAS E NA ORGANIZAÇÃO DO PRÊMIO BURITI 2012 E NA SUA RESPECTIVA ANTOLOGIA.





    O que você me recomenda fazer com todos esses textos que venho escrevendo há anos mas nunca os mostrei a ninguém?

    MOSTRE-OS E PUBLIQUE-OS URGENTEMENTE. VOCÊ FICARÁ MAIS FELIZ. EU GARANTO.







    FAÇA POUCO MAS FAÇA BEM - DR. JOBAL DO AMARAL VELOSA